Depois de ser confirmado que o criador da Pedra Filosofal, Nicolau Flamel, será interpretado pelo ator Brontis Jodorowsky, o perfil oficial de Animais Fantásticos e Onde Habitam 2 decidiu provocar ainda mais os fãs com uma nova imagem.

A foto mostra o que parece ser um dos livros do alquimista lacrado com um cadeado que conta com suas iniciais. Confira:


“O único criador da Pedra Filosofal conhecido. Que outros mistérios estão guardados?”

Eddie Redmayne (Newt Scamander), Katherine Waterston (Tina), Alison Sudol(Queenie), Dan Fogler (Jacob), Erza Miller (credencie), Zoe Kravitz (Leta Strange) e Johnny Depp (Grindelwald) retornam para a sequência. O elenco também contará com Jude Law como o jovem Alvo Dumbledore, Ingvar Sigurdson como o caçador de recompensas Grimmson, William Nadylam como o bruxo Yusuf Kama, Ólafur Darri Ólafsson como Skender, o dono de um circo mágico, Claudia Kimcomo uma das atrações do circo, Kevin Guthrie como o chefe do Congresso Mágico dos EUA, Abernathy, e Callum Turner como Theseus Scamander, irmão mais velho de Newt, Auror e herói de guerra.


A série terá um total de cinco filmes e o segundo está previsto para 16 de novembro de 2018.


Coluna da semana | Feita pela potterhead: Renata Molina
As pessoas sempre me perguntam porque eu ainda gosto tanto de Harry Potter com quase 31 anos, e na verdade, eu nunca respondo da maneira como gostaria porque a maioria das pessoas quando me perguntam isso, não querem realmente saber o porque e sim me zoar ou falar mal sobre algo que não conhecem e apenas ouvem falar.

Mas vamos do começo. Ler nunca foi um problema, sempre fui apaixonada desde que me conheço por gente. Eu comecei a ler Harry Potter com 11 anos, a mesma idade dele quando começa a história. Peguei emprestado de uma amiga o primeiro livro e não consegui parar. Acabei lendo o livro todo em uma madrugada. Desesperada pelos próximos, dei um jeito de conseguir emprestado o segundo e o terceiro livro e mais uma vez, eu os devorei. Quando terminei descobri que o quarto AINDA IA LANÇAR. Para quê? Entre O Prisioneiro de Azkaban e o lançamento de O Cálice de Fogo passaram-se poucos meses, mas em compensação para A Ordem da Fênix, foram enormes DOIS ANOS. Você sabe o que são dois anos na vida de uma pessoa entre 10-15 anos? É uma eternidade. Uma eternidade de espera e ansiedade porque Harry Potter continuava uma constante em minha vida. Eu lia e relia o todo tempo.

Eu lembro como se fosse hoje que no dia do lançamento de A Ordem Da Fênix, o MSN colocou na sua página de boas vindas um spoiler tipo “PERSONAGEM X MORRE NO NOVO LIVRO DA SÉRIE HARRY POTTER”. OIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII?! QUEM FAZ ISSO?? ME FEZ CHORAR MAIS DO QUE CHOREI QUANDO LI (mentira, chorei igual ou mais rs)!

Em 2005, meu inglês era bom e eu li o sexto livro da série em um dia, sem largar, no idioma original. E adivinha? Tive que esperar mais dois anos até que saísse As Reliquias da Morte… mas para que tanta espera? Era torturante. Até hoje não entendo porque fazem isso com a gente em tudo. Livros, filmes, séries... é uma espera sem fim. 

O último livro eu li beeeeem devagar porque eu não queria que acabasse nunca. Lia e relia cada frase escrita. Eu vivi todos os sentimentos possíveis, eu me alegrei, fiquei brava, espantada, surpresa, triste e as vezes até perdia o ar de tanto que chorava. Como pode um livro mudar tanto nossas vidas? Enquanto eu fui crescendo e lendo os livros, muitas coisas aconteceram em minha vida e que se não fosse pelos conselhos de Dumbledore, eu teria feito muita merda rs. Pode parecer engraçado, mas é verdade.

Minha primeira tatuagem do Harry Potter (incluindo essa, tenho mais 17 tattoos do HP) é uma imagem em que ele está olhando pro Espelho de Ojesed e vendo o reflexo dele com seus pais e ao lado a frase "If does not do to dwell on dreams and forget to live" (Não habite nos seus sonhos e se esqueça de viver). Cara, essa frase mudou a minha vida. Eu estava vivendo um momento horrivel onde tinha perdido meu emprego, namorado, meus sonhos, cheguei a obesidade, entrei em depressão porque queria continuar vivendo aquilo que não me pertencia mais e logo, vivia um realidade que não existia, só existia em meus sonhos. Esqueci de mim, de viver. Eu lembro exatamente do que senti quando li essa frase, aquilo borbulhava dentro de mim, as palavras ecoavam na minha mente e eu fui digerindo uma a uma até que eu entendi e vi que eu já havia perdido quase dois anos da 
minha vida ali, parada, em depressão, esperando a vida passar e me levar embora. E a partir desse dia eu fui uma nova pessoa e carrego comigo essa frase para nunca esquecer, nem por um segundo, que a vida é uma só e que devemos vive-la. Intensamente. E isso foi só um dos momentos da minha vida em que essa leitura incrível me ajudou e me salvou até.

Eu cresci junto com ele, as experiências pelas quais ele passou me ensinaram o valor do amor, da amizade, da confiança, me mostrou que devemos fazer o bem aos outros, independente do quanto eles te façam mal, me mostrou que ninguém é perfeito e todo mundo erra. O que importa são nossas escolhas e como decidimos agir. E que ninguém é fraco quando se tem algo que vale a pena lutar. Harry é muito mais que uma historia de magia em minha vida.  É minha vida, fez parte da minha infância, adolescência, vida adulta! Eu sempre vou me lembrar daquele garoto que lembrava muito o pai mas que tinha os olhos da mãe. E que não mediu esforços para trazer paz aqueles que amava. E é por isso que eu digo que Harry Potter teve um impacto muito grande em minha vida. Não por ter mudado radicalmente meus pensamentos ou me inspirado a ser uma pessoa melhor apenas mas por ter me ensinado que não há problema algum em ser eu mesma, em gostar das coisas que eu gosto independente do que os outros achem disso, e principalmente por ter me mostrado que na vida existe sim algo pelo qual vale a pena nos sacrificarmos.

E só podia terminar de um jeito depois de 18 tatuagens, textão e amor incondicional:

"After All This Time?
Always!!!"









A Warner Music anunciou que vai lançar uma caixa de discos de vinil contendo a trilha sonora dos cinco primeiros filmes da saga Harry Potter. A caixa vem com discos personalizados e luvas temáticas para cada um deles:



A caixa chega no dia 17 de novembro nos EUA e o preço ainda não foi anunciado.

A trilha dos três primeiros filmes ficou nas mãos de John WilliamsPatrick Doyle comandou as músicas do quarto filme e Nicholas Hooper ficou com o quinto.

Logo no início do mês recebemos uma notícia que deixou todos os fãs de Harry Potter animados e com algumas dúvidas, Nicolau Flamel estará em Animais Fantásticos e Onde Habitam 2 e claro que há várias possibilidades do Criador da Pedra Filosofal se encaixar na trama. E é isso que viemos fazer hoje aqui, montar teorias de como será a participação do personagem no longa.

Quem é Nicolau Flamel?




No filme, Harry Potter: A Pedra Filosofal(2001), podemos ver vários momentos em que Hermionie o cita. Flamel foi um alquimista bastante famoso e o único que já produziu a Pedra Filosofal, uma substância lendária portadora de poderes incríveis. Ele era amigo íntimo e colega de Alvo Dumbledore. Flamel devia sua longevidade ao Elixir da Vida, o qual ele e sua mulher, Perenelle, criaram usando a Pedra. Eles tinham 675 anos e 658 anos, respectivamente, quando morreram.



Flamel é conhecido por seu considerável talento no campo da Alquimia e por seu amor pela ópera. Diz-se que ele aproveitou sua velhice vivendo uma vida quieta em Devon. Embora saibamos que ele usou o Elixir para aumentar sua longevidade, não sabemos se ele usou os poderes da Pedra para ficar rico, considerando o poder da Pedra Filosofal de tornar qualquer metal em ouro.



O perigo da existência da Pedra foi descoberto quando Voldemort, com a ajuda do professor de Hogwarts, Quirino Quirrell, quase conseguiu roubá-la para poder restaurar Voldemort à sua forma física. Contudo, este plano foi interrompido por Harry Potter, Hermione Granger e Rony Weasley. Flamel concordou, após conversar com Dumbledore, que a pedra deveria ser destruída. Com Elixir suficiente para deixar os negócios em ordem, Flamel e sua esposa morreram pouco tempo depois.


Entendendo sua participação



Agora que já temos ótimas informação sobre o Alquimista, vamos começar a teorizar - mas antes vamos só entender um pouco sobre o segundo filme de Animais Fantásticos e Onde Habitam - o segundo filme da franquia será ambientado em 3 lugares diferentes, Londres, Nova York e Paris, acontecendo um ano depois do primeiro filme. Com esse pouco intervalo de tempo possivelmente veremos Newt Scamander(Eddie Redmayne) voltando para NY e entregando sua cópia do livro homônimo para Tina(Katherine Waterston) como prometido antes. Aliado a isso, como é dito na sinopse do filme, veremos Grindelwald(Johnny Depp) fugindo do Congresso Mágico dos Estados Unidos da América (MACUSA) em uma grande e dramática fuga (esperamos ver uma cena épica). Com esses dois elementos, talvez a cidade de Nova York não seja mais mencionada ou explorada durante o filme, deixando o foco para Londres e Paris. 


Com Paris sendo uma das principais cidades a serem mostradas e por Dumbledore está no filme, vivido por Jude Law, podemos começar as minhas 3 teorias.



Atração


J.K Rowling provavelmente colocou o Alquimista no roteiro, para uma alusão a Pedra Filosofal, um grande feito de Flamel. Mas qual a conexão de Flamel e desse artefato com os demais personagens? Eu já descarto a possibilidade do Grindelwald querer a Pedra Filosofal, pois já vimos isso no primeiro filme do Harry Potter e o objeto do bruxo não é esse. Pois bem, como Paris terá um foco no filme, vale ressaltar que Nicolau Flamel estudou na Academia de Beauxbatons a escola de magia da França, sim aquele que no filme só tem mulheres (mas só no filme, pois aquilo foi uma adaptação). Levando isso em consideração e a amizade de Nicolau e de Dumbledore, Grindelwald pode usar de Flamel como um imã, para atrair Dumbledore em alguma especie de armadilha ou controlar Flamel para chegar em seu Alvo(trocadilho com o nome do Dumbledore, rsrsrs).


Cura


Como já foi dito várias vezes ao longo desse texto, Nicolau Flamel é o criador da Pedra Filosofal e como consequência do elixir da vida. Mas será que esse elixir só seria usado para obter a vida eterna? Será que esse elixir não poderia ser usado para cura? Será que ele poderia ser usado para curar o OBSCURIAL? Podemos ver no filme algo relacionado a isso, o grupo em busca de uma forma de curar Credence(Ezra Miller). Isso daria um ótimo plano de fundo para o longo: A fuga e a procura de Grindelwald | A busca pela cura do Obscuros. Talvez já temos uma trama montada.



Reforço



Brontis Jodorowsky é o ator que viverá o alquimista na trama. Pelo que sabemos o filme terá passagens na França e como já falamos antes, é onde Nicolau teoricamente estará. Agora, por qual, causa, motivo, razão ou circunstância nossos personagens iriam para França. Essa é a teoria mais louca que tenho até aqui, então se prepare. Como já foi dito na sinopse o vilão do filme vai escapar de sua prisão e provavelmente vai voltar a tocar o terror em busca de seus objetivos, levando isso em consideração ele vai está ainda mais perigoso e mais fatal e isso fará com que nossos heróis tenham dificuldades para enfrenta-lo e derrota-lo, fazendo com que Dumbledore busca ajuda de um velho amigo, alquimista na França, juntando assim quase que uma armada, com Alvo Dumbledore, Newt Scamander, Tina Goldstein e talvez Credence, juntos de Nicolau Flamel para um embate contra Gellert Grindelwald. Séria épico, ou não.



 A série terá um total de cinco filmes e o segundo está previsto para 16 de novembro de 2018.
Esta escola mágica americana foi inspirada por Hogwarts, mas o que mais sabemos sobre a Escola de Magia e Bruxaria de Ilvermorny? Aqui está um guia útil.


Tem raízes irlandesas ...

Primeiro estabelecido como uma casa-escola mágica no início dos anos 1600, Ilvermorny foi nomeado para a casa onde seu co-fundador, Isolt Sayre, passou sua infância no Condado de Kerry.

Embora não seja uma infância feliz - sua sanguinária obsessão, a tia Gormlaith sequestrou Isolt depois de assassinar sua mãe e pai pro-trouxas - seus primeiros anos, pelo menos, eram idílicos. Depois de viajar para a América, Isolt escolheu lembrá-los de várias maneiras. O nome de Ilvermorny era um, chamando seu companheiro de Pukwudgie depois que seu pai era outro, e o símbolo de Ilvermorny - o Nó Gordiano - era um terço. Isolt envolveu o Nó, baseado em um broche velho de sua mãe, tanto na Cerimônia de classificação de Ilvermorny quanto no fecho que prende as vestes dos estudantes.

... mas está escondido em Massachusetts

Ilvermorny começou sua transformação de casa para escola quando Isolt - inspirado por Hogwarts - começou a ensinar seus filhos adotivos, Webster e Chadwick Boot. Ela e seu marido, James Steward, também criaram varinhas por suas acusações. Continuamente, suas lições de família se expandiram quando crianças mágicas gravitavam em direção à casa pequena.

Gradualmente, o prédio cresceu de tamanho à medida que a escola cresceu em reputação. Ao longo do tempo, tornou-se um castelo com dormitórios, professores e outros funcionários, escondidos no topo do Monte Greylock por névoas turbulentas e múltiplos encantamentos. Em poucas décadas, a América do Norte teve sua resposta para Hogwarts.


Foi co-fundado por um No-Maj ...

O marido de Isolt, James, foi instrumental na configuração de Ilvermorny. Ele projetou sua casa, ajudou a fazer da casa uma casa e esculpiu as varinhas usadas por seus filhos adotivos e os outros alunos ensinados por Isolt.

E, no entanto, James Steward era um no-Maj - um majestoso trouxa da Inglaterra que viajara para a América ao lado da família Boot. Sua falta de magia não impediu James de fazer amizade com os Boots, e isso não impediu ele e Isolt de se apaixonar - ou de fundar uma escola juntos.

Incomum, como é ter uma escola mágica fundada por um No-Maj, esses começos únicos ajudaram a promover a reputação de Ilvermorny como uma das escolas mais democráticas do mundo mágico.

... E uma bruxa desceu da Sonserina

Isso é ainda mais incomum dado o contexto de Isolt. Descendendo do fundador de Hogwarts e do puro-sangue obsessivo Salazar Sonserina, alguns da família de Isolt eram tão anti-trouxa que estavam preparados para cometer crimes terríveis para manter seu sangue mágico puro. Sua tia Gormlaith matou os pais de Isolt e, ao saber que Isolt se casou com o trouxa James, viajou para a América com a intenção de matá-los também.

Mas, embora Isolt compartilhasse o talento de sua família para a linguagem das cobras - e tenha roubado a varinha de sua tia, que (sem ela conhecida) era a própria varinha de Sonserina - ela escolheu um caminho diferente. A habilidade de Isolt para falar com cobras permitiu conversar com a Serpente Chifruda que vivia perto de sua casa. A Serpente Chifruda permitiu a criação das varinhas de seus filhos, e essas varinhas ajudaram a salvar suas vidas quando Gormlaith chegou ao Monte Greylock.


Ilvermorny também tem quatro casas

Isolt foi criada ouvindo histórias de Hogwarts, e o desdém de Gormlaith não fez nada para atenuar o fascínio de Isolt. Mais tarde, ela contou a seus filhos adotivos e eles, também, ficaram enamorados de uma escola mágica com quatro casas concorrentes.

Assim, os quatro fundadores de Ilvermorny - Isolt, James e seus primeiros alunos, Webster e Chadwick - dividiram sua própria escola. Cada um nomeou uma casa com o nome de sua criatura mágica favorita: Serpente Chifruda (Isolt), Wampus (Webster), Pássaro-Trovão (Chadwick) e Pukwudgie (James). Como J.K. Rowling explica:

"Às vezes é dito das casas Ilvermorny que eles representam toda a bruxa ou mago: a mente é representada pela Serpente Chifruda; o corpo pelo Wampus; o coração pelo Pukwudgie e a alma pelo Pássarp Trovão. Outros dizem que a Serpente Chifruda favorece os estudiosos, o Wampus, os guerreiros, o Pukwudgie,os curandeiros e o Pássaro Trovão os aventureiros.

E se você gostaria de descobrir sua própria casa em Ilvermorny, você pode aqui.

A cerimônia de classificação é tão épica como Hogwarts

J.K. Rowling nos diz:

'... um por um, [os alunos] são chamados a ficar no símbolo do Nó Gordiano no meio do chão de pedra. Em silêncio, a escola espera que as tachas encantadas reajam. Se a Serpente Chifruda quiser o aluno, o cristal colocado na sua testa acenderá. Se o Wampus quiser o aluno, ele rugirá. O pássaro trovão dá a sua aprovação batendo suas asas, e o Pukwudgie levantará sua flecha no ar.

Se mais do que uma escultura indicar o desejo de incluir o aluno em sua casa, a escolha recai sobre o aluno ".

Incrível - só um pouco intimidante ...


Os alunos adquirem suas varinhas um pouco mais tarde

Depois de descobrir sua casa, os primeiros anos de Ilvermorny são exibidos no corredor onde eles adquirem suas varinhas.

Os primeiros anos de Hogwarts podem comprar as suas antes de começar a escola, mas na América a situação é diferente por causa da complexa história do país. Até 1965, a Lei Rappaport declarou que nenhuma criança tinha permissão de uma varinha até chegarem à escola. Embora, desde a sua revogação, a tradição permaneça que a primeira onda de uma varinha acontece naquela sala da escola.

Tem uma música icônica

A música de Ilvermorny é menos irreverente do que Hogwarts Hoggy Warty Hogwarts, falando como faz da história da escola. Mostrado em uma cena excluída de Fantastic Beasts e Onde encontrá-los, a música foi co-escrita por J.K. Rowling e Alison Sudol, que interpreta Queenie. Ele abre com as letras:

We stand as one united
Against the Puritan
We draw our inspiration
From good witch Morrigan

(Nós somos um dos únicos
Contra o puritano
Nós atraímos nossa inspiração
Da boa bruxa Morrigan)


É composta por Pukwudgies

Hogwarts tem Filch. Ilvermorny tem Pukwudgies. Esta tradição decorre do primeiro companheiro de Isolt na América: um Pukwudgie mal-humorado que a salvou do desembaraço por um esconde-esconde. Pukwudgies são ferozmente independentes, e Isolt foi humilhada por estar em dívida com ele. Ele também se recusou a dizer-lhe seu nome, então Isolt o nomeou para seu pai, William. Embora William finalmente tenha deixado, em vez de cuidar dos meninos Boot, quando a família foi atacada por Gormlaith, foi ele quem os salvou.

Ao descobrir que James tinha chamado sua casa Ilvermorny para ele, William decidiu ficar - e ele e sua família se tornaram os primeiros provedores de segurança e manutenção de Ilvermorny. Um número de Pukwudgies continua a trabalhar na escola, que é parcialmente nomeado por seu tipo.


A Warner Bros. Pictures anuncia novidades para o elenco da nova aventura que se passa no Mundo Bruxo™ de J.K. Rowling, o segundo de cinco filmes da série que começou com Animais Fantásticos e Onde Habitam. O longa, ainda sem título, está sendo dirigido por David Yates.

Entre as confirmações do elenco estão Carmen Ejogo, retornando ao papel de Seraphina Picquery; Wolf Roth como Spielman; Victoria Yeates como Bunty; Derek Riddell como Torquil Travers; Poppy Corby-Tuech como Rosier; Cornell S. John como Arnold Guzman; e Brontis Jodorowsky como Nicolas Flamel. Fiona Glascott e Jessica Williams também estão confirmadas no longa, em papéis a serem revelados.

Retornando aos seus papéis do sucesso mundial Animais Fantásticos e Onde Habitam estão o vencedor do Oscar Eddie Redmayne (“A Teoria de Tudo”), estrelando como o magizoologista Newt Scamander; Katherine Waterston como a Auror Tina Goldstein; Dan Fogler como o Não-Maj Jacob Kowalski; Alison Sudol como Queenie Goldstein; e Ezra Miller como Credence. O indicado ao Oscar Johnny Depp (filmes “Piratas do Caribe”, “Em Busca da Terra do Nunca”) retorna como o poderoso bruxo das trevas Gerardo Grindelwald e o também indicado ao Oscar Jude Law (“O Talentoso Ripley”, “Cold Mountain”) interpreta o professor de Hogwarts Alvo Dumbledore.

Completando o elenco principal estão Zoë Kravitz como Leta Lestrange; Callum Turner como Teseu Scamander; Claudia Kim como uma mulher em um circo bruxo; William Nadylam como Yusuf Kama; Ingvar Sigurdsson como Grimmson; Ólafur Darri Ólafsson como Skender; e Kevin Guthrie como Abernathy.

J.K. Rowling escreveu o roteiro do filme, que se inicia em 1927, alguns meses depois que Newt ajudou a desvendar e capturar o abominável bruxo das Trevas Gerardo Grindelwald. No entanto, como havia prometido, Grindelwald fez uma fuga dramática e tem reunido mais seguidores para a sua causa, elevar os bruxos a uma categoria acima à de todos os seres não mágicos. O único que pode detê-lo é o bruxo que um dia foi seu mais querido amigo, Alvo Dumbledore. Mas ele precisará da ajuda do bruxo que frustrou Grindelwald uma vez, seu ex-aluno Newt Scamander. A aventura reúne Newt, Tina, Queenie e Jacob, mas sua missão também testará a lealdade deles conforme forem enfrentando novas ameaças em um Mundo Bruxo™ cada vez mais perigoso e dividido.

O filme expande o Mundo Bruxo™, indo de Nova York a Londres e Paris. Há também surpreendentes alusões às histórias de Harry Potter, que encantarão os fãs dos livros e filmes da série.
David Heyman, J.K. Rowling, Steve Kloves e Lionel Wigram estão produzindo o filme, com Tim Lewis, Neil Blair, Rick Senat e Danny Cohen como produtores-executivos.

Colaborando com Yates nos bastidores, as equipes de criação são lideradas pelo diretor de fotografia vencedor do Oscar Philippe Rousselot (“Nada é Para Sempre”); pelo designer de produção três vezes vencedor do Oscar Stuart Craig (“O Paciente Inglês”, “Ligações Perigosas”, “Gandhi”, filmes “Harry Potter”), pelo editor três vezes vencedor do BAFTA Mark Day (os últimos quatro filmes “Harry Potter”, “Intrigas de Estado”), a figurinista quatro vezes vencedora do Oscar Colleen Atwood (“Animais Fantásticos e Onde Habitam”, “Chicago”, “Memórias de uma Gueixa”, “Alice no País das Maravilhas”), além do supervisor de efeitos visuais vencedor do Oscar Tim Burke (“Gladiador”, filmes “Harry Potter”),  e o supervisor de efeitos visuais indicado ao Oscar Christian Manz (“Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”).

A nova aventura está sendo filmada nos estúdios Leavesden da Warner Bros., que tem sido o lar cinematográfico do Mundo Bruxo™ desde o primeiro filme “Harry Potter”.

Previsto para ser lançado no Brasil em 15 de novembro de 2018, o filme será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.
Tecnologia do Blogger.