Esse novo aplicativo do Sport Relief está embarcando no Desafio de Um Bilhão de Passos para estimular a nação a contribuir para a caridade- e fãs de Harry Potter podem participar do especial "Liga de Hogwarts" para entrar na diversão.


Sport Relief está de volta- e esse ano eles estão desafiando os fãs britânicos a fazer um bilhão de passos do dia 17 ao dia 23 de março com um novo aplicativo para contar os passos. Para comemorar, nós queremos que os Potterheads deixem sua marca nesse desafio juntando-se a uma liga especial dentro do aplicativo chamada de Liga de Hogwarts, onde cada uma das quatro casas podem competir com as outras para ver qual consegue marcar mais pontos.

Então se você foi selecionado para sua casa pelo Pottermore, pode juntar pontos para ela- então nós poderemos ver por exemplo, se os Corvinos estão mais ativos do que os Sonserinos ou se os Lufanos apreciam mais caminhadas do que os Grifanos. Quem sabe ?Ah e se você ainda não foi selecionado para uma casa, pode fazer agora Isso será interessante...







Qualquer um pode entrar no aplicativo e ser patrocinado para participar de um desafio e é possível até criar uma página Sport Relief Página de Doações para que as pessoas possam contribuir com seu patrocínio. Fique atento a esse espaço para um desafio especial temático de Quadribol chegando em breve ao aplicativo. Infelizmente, esse também será um desafio complexo, já que não podemos fornecer vassouras.

Liz Warner, CEO da Comic Relief, está maravilhada ao se juntar ao Pottermore para o novo aplicativo. "Sport Relief não consegue acreditar na própria sorte em estar colaborando com o Pottermore e ter a Liga de Hogwarts no Sport Relief", diz ela.

Estamos lisonjeados de podermos chamar os fãs de Harry Potter a se juntarem à Liga de Hogwarts e ajudar a nação bater o Desafio de Um Bilhão de Passos e levantar fundos para nossos projetos durante a semana do Sport Relief.

Estamos esperando ansiosamente para ver se será Grifinória, Lufa-Lufa, Corvinal ou Sonserina que irá escalar até o topo da liga por uma boa causa...

Para se inscrever no aplicativo, simplesmente visite o site do Sport Relief e baixe de graça. De lá, você conseguirá se juntar a Liga de Hogwarts e deixar sua marca no Desafio de Um Bilhão de Passos, que irá acontecer de 17 a 23 de março.

E lembre-se que isso não será tudo que faremos para apoiar o Comic Relief esse ano. Um novo audiolivro de Quadribol através do séculos, narrado por Andrew Lincoln, será lançado dia 15 de março. As vendas do audiolivro serão encaminhadas ao Comic Relief e ao Lumos, a caridade fundada por J.K. Rowling.

Sport Relief trará a nação junta para se ativar, arrecadar dinheiro e mudar vidas. Desde 2002, Sport Relief já conseguiu juntar mais de 335 milhões de libras. O dinheiro arrecadado pelo público será gasto pelo Comic Relief para solucionar os problemas críticos afetando pessoas pelo Reino Unido e ao redor do mundo. Você pode aprender mais sobre o trabalho deles aqui

Texto: Pottermore | Tradução: Clara Monnerat
A Armada de Dumbledore pode dever sua criação às habilidades inexistenciais de Umbridge como professora mas a AD era tão mais do que um grupo reacionário-de fato, foi pivotal na luta contra Voldemort.


Após a saída de Umbridge de Hogwarts, Harry concluiu que não havia motivo para continuar suas aulas na Armada. Luna e Neville ficaram seriamente desapontados: "Eu gostava da Armada de Dumbledore! Aprendi tanto com você!" Neville disse e quando Hermione usou os Galeões encantados para pedir ajuda aos membros da Armada, foram ele e Gina quem responderam mais rápido.

De algumas maneiras, Harry estava certo-apesar de todas as falhas de Snape como professor de Defesa Contra as Artes das Trevas, pelo menos ele acreditava em aplicação prática então a Armada não foi apenas pós-Umbridge. Mas mesmo assim, ainda tinha um papel importante a desempenhar, tanto em termos de defesa prática quanto como um símbolo da resistência de Hogwarts à interferência do Ministério. Isso era particularmente verdadeiro para aqueles que permaneceram em Hogwarts depois da saída de Harry, enfrentando o maltrato e vários rumores do motivo de sua ausência.

Sob o comando dos Carrow,a AD era mais essencial do que nunca


Neville definiu bem. Os novos professores de Hogwarts, Alecto e Amycus Carrow faziam Umbridge parecer "inofensiva": amarravam os alunos do primeiro ano com correntes, fazendo os alunos praticarem a Maldição Cruciatus, ensinando que Trouxas são como animais e espancando os alunos que se opunham a eles. Alunos como Simas, cujas feridas no rosto o deixaram irreconhecível e Neville, que Rony observou ter sido usado como "apontador de faca". Os Carrow eram tão cruéis e abusivos como você esperaria que um seguidor de Voldemort fosse mas a AD respondeu com tanto espírito e desafio como já tinham mostrado a Umbridge

Neville se tornou o líder da Armada


No inicío, Neville, Gina e Luna compartilhavam a liderança mas depois que Luna foi sequestrada e com Gina incapaz de retornar à escola depois da Páscoa, a responsabilidade recaiu sobre os ombros de Neville. O que era propício, considerando o quão próximos ele e Harry eram por causa da profecia que poderia ter se referido a qualquer um dos dois. Como líder da Armada, Neville realmente mostrou suas cores da Grifinória: valente, franco, se recusando a se conformar com a injustiça. Todas essas ações foram coisas que ele havia observado Harry fazer:

"A questão é que ajuda quando as pessoas se movimentam e 'peitam' as opressoras. Dá esperança a todos. Eu costumava reparar quando você fazia isso, Harry."
Harry Potter e as Relíquias da Morte

Neville estava mais do que à altura da tarefa, provando o quanto ele havia progredido - de um nervoso aluno do primeiro ano a líder da resistência de Hogwarts; um Eleito alternativo. A maneira tão prática como ele falava sobre suas experiências e de seu orgulho de sua avó mostravam uma confiança em suas habilidades e em seu senso de certo e errado. Hogwarts sob os Carrow pode ter sido terrível mas Neville sob pressão era uma força a ser temida-testemunhe ele gritando "Armada de Dumbledore" bem na cara de Voldemort, se recusando a se render.


Os Galeões encantados de Hermione permaneceram inestimáveis

Nas primeiras semanas do regime dos Carrow, Neville, Luna e Gina usavam essas moedas encantadas para se comunicar, escapando para pichar em paredes de grafite mensagens como "Armada de Dumbledore ainda está recrutando". Mais tarde, com os Carrow assumindo a tortura dos membros da Armada como Michael Corner- pego soltando um aluno do primeiro ano- as moedas permaneceram o principal meio de comunicação da Armada. Luna usou a dela para dizer a Neville que ela estava segura e Neville usou a dele para convocar todos os outros membros para Hogwarts quando Harry Rony e Hermione voltaram.

Gina, Luna e Neville tentaram recuperar a espada de Godric Gryffindor

Presumivelmente a decisão de reivindicar a espada teve algo a ver com Dumbledore deixando-a para Harry, um fato que Gina pode ter ficado ciente após a visita de Scrimgeour à Toca. O pensamento da espada no escritório de Snape - um sonserino que todos acreditavam ter assassinado Dumbledore - deve ter pesado também mas os únicos alunos corajosos o bastante para tentar recuperá-la eram os líderes da Armada. Eles podem ter feito isso furtivamente mas ações como essa mostrava que a Armada não era apenas um grupo clandestino. À essa altura, estava a um piscar de olhos (ou de varinhas) de se tornar uma rebelião aberta.

A Sala Precisa se superou


A Sala Precisa providenciou a base perfeita para rebelião, expandindo-se para abrigar todos aqueles que tivessem fugido ou tivessem sido expulsos da Hogwarts dos Carrow. Isso era tão bom para Neville quanto para a Sala em si - como disse Simas: "Ele realmente entende essa sala. Você tem que pedir EXATAMENTE o que precisa..." E foi uma combinação que deu um quartel-general para a Armada, exatamente quando era mais necessário.  O desejo de Neville por comida até mesmo abriu uma passagem para o Cabeça de Javali.

O envolvimento de Aberforth


Nós não sabemos exatamente quando foi que Aberforth se envolveu com a Armada mas dando uma olhada nas dicas dadas anteriormente fica claro que ele sempre fora um membro da Ordem da Fênix e muito provavelmente, Dumbledore fazia visitas ocasionais para o Cabeça de Javali para ver seu irmão. Foi ele que interrompeu Snape enquanto ele ouvia de soslaio a profecia de Trelawney (embora não tenha sido mencionado quem foi que interrompera, foi revelado mais tarde que fora ele) e foi Aberforth que manteve um olho atento em Harry usando o espelho de duas faces. Dumbledore deve ter dado um fragmento a seu irmão e explicado como usar. 

Foi também Aberforth que serviu a Armada durante sua primeira reunião e é possível que ele estava reportando suas atividades à Ordem. Então você poderia dizer que ele esteve vigiando a Armada desde o início- desde o momento em que Neville entrou no pub procurando por comida, ligou os pontos perfeitamente.

Atenção Potterheads!!! Começou nesse domingo (dia18), no Shopping Eldorado, a exposição "Casa dos Bruxos", um espaço lúdico com ambientes temáticos e muita magia!

O público percorrerá um caminho entre a Casa dos Dursleys, o Beco Diagonal, o Grande Salão, as Salas de Poções e Feitiços, a Biblioteca e muitos outros, além de visitar a loja com produtos licenciados da franquia Harry Potter.

Ainda no local, será possível comprar ingresso para o Harry Potter e a Pedra Filosofal ™ In Concert, que acontece dos dias 8 a 11 de março, na Arena Eldorado.

Venha fazer parte dessa incrível experiência!

SOBRE A EXPOSIÇÃO:

Tempo de exposição: 18 de fevereiro a 18 de março, das 12h às 22h.
Local: Shopping Eldorado – Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros.
Ingressos: R$60 (inteira) / R$30 (meia entrada). Promocionais R$30 + 1kg de alimento não perecível. Crianças até 5 anos não pagam.

*Ingresso válido somente para entrada no dia e horário selecionados (tolerância máxima de 15 minutos)*










Agora você pode simular um duelo entre bruxos com as novas varinhas de Harry Potter, criadas pela empresa JAKKS Pacific (via Gizmodo). Isso tudo porque elas emitem som, luzes e imitam armas de laser tag!

É possível fazer vários feitiços com essas novas varinhas. Para lançar um deles, você deve apertar determinados botões juntos e sons e luzes vão sair da varinha — simulando um Wingardium Leviosa, por exemplo.

A lista de feitiços (que totalizam 11) incluem Piertotum Locomotor, Finite Incantatem, Incendio, Ventus, Arresto Momentum, Alohomora, Wingardium Leviosa, Revelio, Metelojinx, Tarantallegra e Mimblewimble. Mas não, não é possível simular um Avada Kedavra.

Para cada feitiço, são sons e luzes diferentes. E elas não são varinhas comuns — você pode encomendar a sua com o mesmo design das varinhas de Harry, Dumbledore e Voldemort! 

Confira como elas são e seus botões mágicos:


Para deixar os feitiços mais perfeitos ainda, a JAKKS Pacific divulgou um pequeno manual de instruções para você conferir quais movimentos devem ser feitos!


Cada varinha estará disponível para venda nas lojas internacionais ainda neste ano sob o preço de US$ 25 (R$ 80).

LEGO acaba de anunciar (via Nerdist) uma nova réplica do Salão Principal do Castelo de Hogwarts para sua linha mágica da franquia Harry Potter — e já queremos mandar todos os nossos galeões, sicles e nuques por ele!

A nova versão LEGO contém 878 peças que montam todo o Salão, um pouco de uma Torre com escada em apiral, muitos pequenos detalhes e até vários personagens — incluindo Harry, Hermione, Rony, Draco, Professora Minerva, Hagrid, Professor Dumbledore, o fantasma Nick “Quase Sem Cabeça” e o Professor Quirrel (com Voldermort atrás de sua cabeça).

Além disso, os animais também estão presentes: o rato Perebas, a coruja Edwiges, a Fênix Fawkes e o basilisco de Harry Potter e a Câmara Secreta.

Sua altura chega a 35 centímetros e também acompanha um dos botes que os alunos usam para chegar até a escola de bruxos. Veja:





Além disso, a LEGO está se preparando para anunciar um novo set da linha de Animais Fantásticos ainda este ano, segundo o site.

A réplica do Salão Principal de Hogwarts estará disponível para compra no dia 1º de agosto deste ano sob o preço de US$ 99.99 (R$ 322).

No mundo bruxo há poucas pessoas tão gentis como Luna Lovegood. Ela sempre intensa em dar a Harry e seus amigos o apoio necessário, sem esperar por nada...

É incrível que uma pessoa tão gentil e brilhante como Luna Lovegood só faz sua primeira aparição em Harry Potter e a Ordem da Fênix. Descrita como ‘de Lua Lovegood’ com um cabelo loiro sujo e olhos protuberantes, ela não tem uma apresentação particularmente como um lisonjeio e muitas pessoas evitam seus agradecimentos e jeito estranho.

Contudo, sua personalidade é calorosa tanto quanto é estranha, e sem ela Harry e seus amigos estariam em muitos problemas.

Aqui estão 12 momentos onde a gentileza de Luna realmente brilha:

1. Apesar de ter a revista de seu pai insultada por Hermione e ser insultada pelas costas por Gina, Luna gentilmente leva a coruja de Rony para fora do trem quando está na hora de sair. Harry está tão absorto em seus próprios pensamentos que ele se esquece completamente dela e a chama de “aquela garota Luna” quando Rony pede suas coisas.

2. Ela é rápida em tranquilizar Harry quando ele vê os Testrálios pela primeira vez. Ele pode não ter apreciado muito o momento, mas Luna o fez perceber que não estava sozinho em ver animais estranhos quando os outros não podiam.

3. Harry tem muito em seu prato em A Ordem da Fênix; muitas pessoas se recusam a acreditar quando ele diz que viu Voldemort voltar dos mortos. Ele está pintado como um mentiroso em busca de atenção; ele está frequentemente irritado e chateado. Luna vai direto a ele e diz: “Eu acredito que Você-Sabe-Quem voltou e acredito que você lutou contra ele e escapou dele.” na frente de todo mundo.

4. Rony está tão nervoso por jogar como goleiro da Grifinória que olha para o seu cereal como se quisesse se afogar nele. A Corvina Luna o deseja boa sorte ao mostrar seu apoio com um enorme chapéu em forma do leão da Grifinória. Uma declaração de apoio e moda. 



5. No Departamento de Mistérios, é Luna quem salva Gina e Rony dos Comensais da Morte usando o feitiço Redutor. O tornozelo de Gina estava quebrado e Rony tinha sido atingido por um feitiço que deixou sua cabeça um pouco engraçada. Luna se manteve, porém, e conseguiu que os três estivessem fora, vivos.

6. Harry se depara com Luna colocando avisos pedindo que as pessoas devolvessem seus pertences perdidos. Ela pergunta por que ele não está no banquete e quando ele explica que não se sentia como sendo ele, ela imediatamente compreende e diz exatamente as coisas certas para fazê-lo se sentir melhor, diminuindo o “peso terrível no estômago”.

7. Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, quando Hermione está chateada com Rony e Lilá, é Luna que a encontra no banheiro e lhe oferece conforto e apoio.

8. No funeral de Dumbledore, ela é a única que ajuda um Neville devastado em sua cadeira. Um ato simples que concretiza a amizade deles.


9. É Luna que, cuidadosamente, ajuda o Sr. Olivaras na cela da prisão onde eles estão presos em Harry Potter e as Relíquias das Morte. Ela mantem todos juntos, permanece positiva e otimista, mostrando uma força de caráter que é extraordinária. Olivaras fica tão agradecido que a envia uma nova varinha.

10. Quando Dobby morre, Luna se aproxima e fecha os olhos dele. Isso é uma coisa gentil e delicada de se fazer, mostrando tal respeito pelo elfo doméstico que salvou a todos eles. “Agora ele poderia estar dormindo”. Se esse momento não o faz chorar, nada vai...

11. Luna coloca lavanda do mar em um jarro de geleia no túmulo de Dobby. Em um mundo onde os elfos domésticos são muitas vezes esquecidos, isso é uma gentileza declarada.

12. Luna aparece ao lado de Harry no final, quando Voldemort está morto, enquanto ele se senta em um banco exausto e esgotado. Ela olha para ele e sabe exatamente do que ele precisa. Ela distrai todo mundo para que ele possa deslizar sob sua capa e desaparecer em algum lugar privado. É um ato de calma bondade e que resume exatamente o motivo de ela ser uma personagem tão amada.


(Texto traduzido pela nossa tradutora Isabela Lopes)
Tecnologia do Blogger.