A história de uma vida que mudou a nossa.

0 Comments
 Depois disso muita coisa deixou de dar certo pra Harry, a começar por ele e Rony não conseguirem atravessar a Plataforma 9 ¾, dentre várias outras desventuras que desencadearam a abertura da Câmara Secreta. Através de Um diário extremamente antigo, utilizado por Tom Riddle na sua época de escola, Gina Weasley foi levada a abrir a Câmara e infelizmente, foi usada para fazer com que a memória residente no livro, voltasse a forma humana, porém, mais uma vez Harry estava lá para salvar o dia e novamente impediu o Retorno de Lord Voldemort ao mundo Bruxo.

Porém, no ano seguinte, uma grade pegou o mundo bruxo de surpresa. Pela primeira vez na História da Magia alguém cometeu a proeza de fugir de Azkaban, e esse alguém foi Sirius Black. Se a fuga de alguém de Azkaban já não fosse surpresa suficiente para o jovem Harry, Imaginem quando ele descobriu que esse alguém era tido como braço direito de Voldemort, que entregou seus pais e que, pior ainda, foi e continuou sendo seu padrinho. 

Por mais que jurasse se vingar, Harry não podia saber o que esperava por ele. Uma revelação que mudaria todo o curso de sua vida. Na verdade, quem havia traído seus pais era um velho amigo de escola deles, Pedro Pettigrew, que havia sido dado como Morto, e foi Sirius Black quem foi preso pelo crime. Tendo sido achado apenas um dedo de Pettigrew, e havendo 12 testemunhas oculares do ocorrido, não restavam dúvidas de que ele havia realmente morrido. Porém o que o Ministério da Magia, e todos, exceto os Marotos sabiam, era que Pedro era um animago, podendo tomar a forma de um animal, no caso, um rato. Rato esse que passou a pertencer a família Weasley durante doze anos. Perebas, o rato de Rony era na verdade Pedro Pettigrew, e por pouco foi entregue aos dementadores. Infelizmente ele conseguiu fugir, levando consigo a verdade sobre a inocência de Sirius Black. Sirius teve que sair fugido de Hogwarts, no lombo de Bicuço, o hipogrifo e se manter escondido por um longo tempo.

Mas nem só de terror e coisas ruins é feita a vida de Harry Potter. No verão do ano seguinte aconteceu na Grã- Bretanha a 422ª copa Mundial de Quadribol, onde a final foi disputa entre Irlanda e Búlgária. Por mais que a Búlgária tivesse o melhor apanhador do mundo, Vítor Krum, o Time da Irlanda era totalmente incrível, vencendo assim, a final da copa. Entretanto, a noite não foi pura festa. No meio da madrugada Comensais da Morte invadiram o acampamento onde os bruxos estavam e fizeram a maior algazarra espalhando terror e agonia em todos que lá estavam, e isso se intensificou quando a marca negra, a Marca registrada de Voldemort aflorou no céu. 

Passado o susto, Harry, Rony e Hermione voltaram para a escola, onde foram notificados do acontecimento do Torneio Tribruxo, o torneio lendário, que dava ao Campeão –além de 10 mil galeões- a glória eterna. Apenas um campeão de cada escola seria escolhido Beauxbatons, Durmstrang e Hogwarts eram as escolas participantes, mas algo saiu errado com o Cálice de fogo. Além de escolher Fleur Delacour, Vítor Krum e Cedrico Giggory, ela escolheu também Harry Potter como campeão de Hogwarts, o que era impossível, pois Harry era menos de idade e, portanto, incapaz de por seu nome no Cálice. Não tendo como se recusar a participar do Torneio, Harry se tornou o quarto integrante do seleto grupo de campeões do Torneio Tribruxo. 

Enfrentar Dragões, ficar submerso uma hora no Lago Negro e entrar em um Labirinto repleto de criaturas mágicas foi fichinha para o que aguardava a seguir: um encontro com Lord Voldemort, que acabara de voltar do reino dos mortos, graças a uma gota do próprio sangue de Harry, mais forte que nunca. Pronto para um duelo, e para, principalmente, dar fim a vida de Harry Potter. Felizmente, isso não ocorreu, graças ao Priori Incatatem, que ocorreu quando suas varinha se ligaram e o espírito de Seus pais, de Cedrico e do Jardineiro da Antiga casa do Riddle apareceram para lhe ajudar, dando assim tempo de ele alcançar o corpo de Cedrico e retornar a escola através da Taça Tribruxo, que era na verdade, uma chave de portal. Infelizmente ninguém acreditou em Harry quando ele disse que havia sido Voldemort que matara Cedrico, exceto, é claro seus amigos e Dumbledore.

Mas isso não foi o suficiente, se já não bastasse quase ninguém acreditar em sua história o Ministério resolveu interfirir de uma vez em Hogwarts, pondo uma funcionária sua para lecionar Defesa contra as Artes das Trevas, Dolores Umbridge. Foi neste ano também que os gêmeos Weasley mostraram pro mundo do que eles eram capazes, apresentando os produtos da Gemialidades Weasley e fugindo no fim do Ano letivo. Não podemos nos esquecer também da formação da Armada de Dumbledore e da Luta entre a Armada, A Ordem da Fênix e os Comensais, no departamento de Mistérios, dentro do próprio Ministério da Magia.

Depois de tudo isso, Dumbledore resolveu por fim por em prática algo que ele já vinha mirabolando a muito tempo, porém ele precisava de algo para dar início a sua busca. Uma lembrança. Era tudo o que ele precisava, porém o dono dessa lembrança se envergonhava demais do que havia feito. Seu dono Horácio Slughorn. O que ele havia feito? Ensinado a Voldemort o que eram as Horcruxes. E foi depois dessa lembrança que Dumbledore e Harry puderam enfim dar início a sua busca, começando pelo medalhão que estava escondido em uma caverna que há tempos Tom Riddle havia visitado, ainda nos seus tempos de criança, quando vivia no orfanato com os demais órfãos.

Nesta Caverna eles enfrentaram Inferis e uma poderosa poção que Dumbledore foi obrigado a beber antes de chegar até a Horcrux. Infelizmente todo esse esforço foi em parte em vão, pois a Horcrux era falsa e, além disso, Dumbledore foi morto no alto da Torre de Astronomia por Severo Snape, e a única coisa que restou dessa noite foi um mistério que deveria ser desvendado por Harry,Rony e Hermione: Afinal quem era R.A.B?

E é a partir desse mistério que começa a História do último capítulo da Saga Harry Potter. Voldemort quer, acima de tudo, tomar o poder do Ministério da Magia, e pra isso reúne seus Comensais, enquanto isso, a Ordem da Fênix tenta remover Harry com segurança da Rua doa Alfeneiros nº4 e para isso, foi utilizada a Poção Polissuco para a formação de seis novos Potter’s, somando-se ao total de Sete Potter’s, Voldemort jamais saberia qual era o verdadeiro, não fosse o fato de, durante o caminho haverem comensais da Morte o esperando e ele usar o seu feitiço marca-registrada: Expelliarmus. Bastou essa única palavra e todos souberam de imediato que Le era o verdadeiro Harry Potter. Mas ainda não foi naquela noite que Voldemort obteve sucesso.

Em meio a toda essa guerra, houve espaço para um pouco de diversão. Gui Weasley e Fleur Delacour iriam se casar e todos se dirigiram para a casa dos Weasley onde seria feita a celebração, pena toda essa alegria não poder durar por muito tempo, pois Voldemort finalmente tomou o poder do ministério, pondo por terra todos os feitiços de proteção lançados ao redor d’A Toca, e assim, localizando o paradeiro de Harry. 

Ele, Rony e Hermione fugiram preocupados com os que ficaram e ocupados tentando se esconder em um lugar seguro. Resolveram por fim se esconderem no Largo Grimauld. E foi No largo Grimauld que eles finalmente descobriram quem era R.A.B.: Régulo Arturo Black e descobriram também que o verdadeiro Medalhão estava com Mundungo Fletcher. 

E só para melhorar a situação, o medalhão não estava mais em posse de Fletcher e sim com Umbridge no ministério, e quando els conseguiram recuperar o medalhão foi uma algazarra só. E assim foi com todas as Horcruxes que eles conseguiram encontrar. Nesse meio tempo, Voldemort conseguiu arrombar o túmulo do Dumbledore e roubar de lá a Varinha das Varinhas, uma das três Relíquias da Morte, que são, a Varinha das Varinhas, A pedra da Ressurreição e a Capa de Invisibilidade. No fim todas essas relíquias foram de suma importância. A pedra da Ressurreição era uma das Horcruxes, A capa era a que o pai de Harry deixara para ele e a Varinha das Varinhas, que verdadeiramente pertencia a Harry e não a Voldemort o ajudou a permanecer vivo e a concertar sua antiga varinha. 

Depois da grande Batalha final que teve como palco nossa amada Hogwarts – que depois do acontecido ficou completamente destruída – Muitos Heróis e inimigos ficaram ao chão, perpetuados através da História. O pior de todos Lord Voldemort, ao chão sem ninguém que pudesse – ou estivesse disposto- a fazê-lo retornar uma vez mais do reino dos Mortos, e Harry Potter, o menino que sobreviveu mais uma vez fez com que tudo ficasse novamente em seu lugar, fazendo com que o mundo da magia mais uma vez fosse um lugar pacífico de se viver.


Tecnologia do Blogger.