ALVO SEVERO POTTER: J.K. ROWLING EXPLICA HOMENAGEM A SNAPE

0 Comments

A saga de Harry Potter pode ter chegado ao final, mas o debate sobre Snape está longe de acabar. A autora J.K. Rowling iniciou nesta sexta-feira (27) uma grande discussão no Twitter ao explicar por que o professor merecia ser homenageado.

Todo mundo que leu ou assistiu a Harry Potter e as Relíquias da Morte sabe que, dezenove anos depois da Batalha de Hogwarts, Harry está casado com Gina e tem três filhos, que se chamam: Tiago Sirius, Alvo Severo e Lily Luna.

Tudo começou quando a 'FrazzyJazzy7', perguntou à Rowling no Twitter o seguinte: 
"Por que você escolheu Snape para nomear o filho de Harry? Estou verdadeiramente curiosa pois ele não era nada mais do que abusivo em relação a todos."  
E a resposta foi: "Snape morreu por Harry por amor à Lily. Harry fez uma homenagem a ele em perdão e gratidão".
Tal comentário gerou uma imensa discussão na rede social, entre os que apoiam o personagem e os que o odeiam.
"Estranho que você tenha dito 'em perdão', quero dizer, Snape não fez nenhuma maldade contra Harry (o que Harry ficou sabendo eventualmente)", comentou um fã, ao que Rowling discordou: "Isso não é verdade, sinto em dizer. Snape projetou seu ódio e ciúmes de Tiago em Harry."

E, então, tentou esclarecer: 
"Há uma tese inteira sobre o porquê Harry ter dado o nome de Snape a seu filho, mas a decisão foi pelo coração de quem Harry era no pós-guerra", explicou ela. "Snape é todo cinza. Você não pode fazer dele um santo: ele era vingativo e praticava bullying. Você não pode fazer dele um demônio: ele morreu para salvar o mundo bruxo."
Mas, quando outra pessoa questionou suas palavras, comentando o seguinte:
"Ele morreu para salvar o mundo bruxo'. E quanto à Remo, Black, Dumbledore, Tonks, Fred, Sra. Weasley, Ron, Hermione?"
Rowling disse que "Harry escolheu perpetuar o nome dos dois que não tinham ninguém em suas famílias para fazer isso por eles". Ou seja, Snape e Dumbledore, que não deixaram descendentes.
A autora ainda afirmou que "Snape merece tanto admiração quanto desaprovação, como a maioria de nós". 

Depois, J.K. Rowling explicou que ao honrar Snape, Harry esperava, em seu coração, que ele também fosse perdoado. Afinal, as mortes da Batalha de Hogwarts assombrariam o bruxo para sempre.

E, então, se tocou do avançado da hora: "Viu o que você começou, @FrazzyJazzy7? Eu preciso voltar ao trabalho. Tenham um bom dia, amantes de Snape, odiadores e todos os que estão em cima do muro." Mas, logo, logo, a autora estava de volta ao Twitter para responder mais questionamentos.

Quando perguntaram se ela estava chateada com a discussão, Rowling afirmou: "Eu adoro perguntas no Twitter! Mas não gosto de um personagem que eu amo sendo usado como pretexto de abuso a outros leitores".

"Ele fez bullying com crianças pequenas e morreu por sua obessessão por Lily, não para salvar o mundo", comentou um usuário do Twitter irritado. Mas J.K. tentou explicar: "Snape era um bully [valentão] que amou o bem que ele sentiu em Lily sem ser capaz de imitá-lo. Esta era sua tragédia."

A autora ainda reafirmou que Snape não morreu por "ideais", e sim em uma tentativa de se redimir da própria culpa. O professor poderia ter se revelado do disfarce de agente duplo a qualquer momento para se salvar, mas escolheu não contar a Voldemort que o vilão estava cometendo um erro fatal em querer matar Harry. O silêncio de Snape garantiu a vitória do bruxinho.

Quando questionada se o motivo da morte fora egoísta, Rowling comentou que Snape ficou para trás, na batalha, ao invés de fugir não para ganhar algo pessoalmente, mas pelo triunfo da causa que Lilian acreditava. "Ele estava tentando fazer o certo", disse ela.

Depois de muitas horas comentando o assunto, Rowling finalmente encerrou a discussão. "Bem, obrigada a todos que participaram do debate não planejado de hoje: 'Snape: Bom, Mal ou O Quê?'. Vou jantar - tenho que ir!".

São tantas revelações e emoções... assim os fãs não aguentam!


Tecnologia do Blogger.