[COLUNA] A Relevância de Harry Potter para a Leitura

0 Comments

The BBC em Harry Potter: "Os livros de Harry Potter venderam mais de 450 milhões de cópias pela Bloomsbury na Grã-Bretanha, e Scholastic nos Estados Unidos." (23 de junho de 2011)

Hoje é quase unanimidade de que pessoas entre 18 e 32 anos, aproximadamente,  de qualquer parte do mundo, já teriam lido algum dos livros da Saga mais lucrativa da história. Harry Potter é um fenômeno sem precedentes e demorará para que, em algum dia, seja ultrapassado ou alcançado.

Crianças, adolescentes e jovens, muitas vezes, conheceram primeiro o livro do mais famoso bruxo de todos os tempos ao invés de autores renomados de seu respectivo país (aqui no Brasil podemos citar Machado de Assis, José de Alencar, Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, etc.)

O processo de aprendizado pela leitura, não importando qual o tipo de leitura, é benéfico sobretudo para as crianças que precisam desenvolver tanto o senso crítico, o comum e principalmente valores morais, éticos e a mais importante de todas, sua imaginação e desenvolver o vocabulário.

Harry Potter através dos anos conseguiu dosar perfeitamente todos os níveis de aprendizado não importando o nível social, raça, cor e credo, atingiu milhões de pessoas ao redor do mundo e foi, para muitos, a porta de entrada "para drogas mais fortes" (droga foi utilizado neste caso para uma metáfora, dizendo que a leitura é viciante).

Normalmente, após a leitura de Harry Potter a pessoa se sente entusiasmada para continuar e aproveitar o que outros autores tem a oferecer, e então conhecem Tolkien, Martin, Christopher Paolini, C.S. Lewis, Rick Riordan, e assim sucessivamente. Autores mais ou menos complexos, profundos ou rasos, de ficção ou realidade, e o interesse só aumenta, a saciedade só chega quando o cérebro recebe milhares de informações e viaja por todos os mundos.

Harry Potter abriu caminhos para milhões de pessoas no mundo, e até hoje serve de inspiração em vários locais do mundo.



Tecnologia do Blogger.