Severo Snape, Diretor de Hogwarts

0 Comments
Severo Snape, Diretor de Hogwarts

Em Relíquias da Morte, Severo Snape é nomeado por Lord Voldemort diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts (onde ficou entre Julho de 1997 e Junho de 1998), substituindo Alvo Dumbledore, a quem foi fiel durante mais de 16 anos. Foi o primeiro diretor sonserino de Hogwarts desde Fineus Nigellus. Durante seu tempo no comando da escola, a matéria "Defesa contra as Artes das Trevas" passa a se chamar "Artes das Trevas", e a matéria de "Estudo dos Trouxas" é ensinada por uma comensal da morte, Aleto Carrow. Amico Carrow, seu irmão, andava pela escola aplicando punições, dentenções, etc.

Gina, Neville e Luna Lovegood tentam roubar a espada de Gryffindor da sala do diretor, mas não conseguem e acabam tendo que ir na Floresta Proibida com Hagrid, que é escurraçado logo depois. O que os garotos não sabem é que se trata de uma falsa espada, pois a verdadeira havia sido guardada por Dumbledore, pouco antes de sua morte.

Fineus Nigellus, um dos diretores de Hogwarts que ficam nos quadros, descobre onde Harry, Rony e Hermione estão escondidos e conta à Snape. E este mais uma vez mostra sua lealdade incondicional a Dumbledore, levando a espada de Gryffindor a Harry e seus amigos para destruírem o Medalhão de Slytherin, uma Horcrux.

Para conseguir que todos pensem (inclusive o próprio Lorde das Trevas) que ele é totalmente fiel a Lord Voldemort, ele deixa a escola ser trasformada em uma anarquia, apenas com alunos de sangue puro ou mestiço, porém ele não se sente bem fazendo tais absurdos. Durante todo seu ano na direção, Dumbledore, de seu quadro na sala do diretor, dá instruções de como prosseguir com a longa missão de proteger Harry.


Tecnologia do Blogger.