A História de Tom Riddle !

3 Comments
Lord Voldemort é considerado por muitos o mais poderoso bruxo das trevas de todos os tempos, cujos objetivos são controlar o mundo mágico, ganhar a imortalidade através da prática das Artes das Trevas e espalhar a superioridade dos sangues-puros perante os sangues-ruins. Ele é tão temido pelo povo bruxo que é referido como "Você-Sabe-Quem" ou "Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado" em vez de seu próprio nome. Ele também é chamado de "Lorde das Trevas", mas geralmente apenas pelos seus seguidores, os Comensais da Morte.

#A História Inicial
Seu pai, Tom Riddle, era um trouxa e abandonou sua mãe quando ela, por amor, parou de lhe dar a Poção do Amor (pois Tom era apaixonado por outra, então Mérope o enfentiçou). Logo após dar a luz, no dia 31 de dezembro de 1926, Mérope Gaunt entregou Tom para um orfanato em Londres. Tom cresceu em um orfanato e, mesmo sendo muito jovem, desenvolveu algum controle sobre suas habilidades mágicas, além disso, já demonstrava sinais de sua personalidade futura; incluindo a crueldade, uma tendência a abusar da magia, uma independência forte e uma falta de julgamento moral.

Aos 11 anos, Dumbledore o buscou para que fosse estudar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, onde ele permaneceu entre 1938 e 1945 como um dos mais brilhantes alunos da casa Sonserina e descobriu-se o último descendente vivo de Salazar Slytherin (por parte de sua mãe).
Enquanto estava na escola, Tom encontrou e abriu a Câmara Secreta, libertando o Basilisco que vivia lá dentro. Devido ao pânico ocasionado pela morte de uma estudante - a Murta Que Geme - a escola esteve prestes a ser fechada e, para não ter de retornar ao orfanato de trouxas, ele fechou a Câmara e acusou injustamente Hagrid de abri-lá. Devido a sua reputação de criar animais grandes e monstruosos, Hagrid foi expulso e Tom recebeu um prêmio de serviços especiais prestados à escola, por ter salvo a escola.

Ainda jovem, ele retornou a Little Hangleton, a vila onde sua mãe morou, esperando conhecer seu pai, acreditando que dele viria sua descendencia mágica, Voldemort acreditava que sua magia não poderia vir de sua mãe, já que a mesma havia falecido e ele acreditava que bruxos tinham condições de enganar a morte. Seu tio, Morfino, lhe informou da natureza não-mágica de Tom Riddle, seu pai, e que sua mãe sim era bruxa. Tom, tomado pelo rancor e pela fúria, assassina seu pai e avôs trouxas e modifica a memória de Morfino Gaunt para que ele pensasse ter cometido os assassinatos. Desta forma Voldemort conseguiu encobrir do mundo bruxo seus atos criminosos. Franco Bryce, jardineiro dos Riddles, foi preso sob a suspeita da polícia trouxa, mas como a causa da morte não pode ser determinada, ele foi liberado, embora fosse considerado culpado pelos outros moradores até sua morte em 1994 pela mão de Voldemort.

Após a escola, Tom Riddle passou a trabalhar na Borgin & Burkes, seu trabalho era fazer as pessoas lhe venderem seus tesouros, muitos acharam um desperdício alguém com o talento de Riddle trabalhar nesta loja, mais aqui ele fez muitos contatos, depois demitiu-se e embrenhou-se nos ramos mais escuros da magia e, por muitos anos, não foi mais visto. Quando reapareceu, estava transformado e as habilidades que adquiriu o transformaram no bruxo mais temido de todos os tempos: Lord Voldemort.

Sua anatomia parece que foi se modificando aos poucos, tendo ficado completamente diferente: monstruoso, antes bonito, em especial seus olhos verdes eram sempre ressaltados, agora apresentava traços ofídicos e olhos frios. A explicação dessa mudança fica clara, acredita-se estar ligada á prática das Artes das Trevas, com as criações das Horcruxes.

A forma como Voldemort tomou controle do mundo mágico da primeira vez é obscura e desconhecida, os golpes que ele utilizou e as medidas que tomou são desconhecidos. As menções á essa época classificam somente como sendo terríveis. Alguns personagens até afirmaram que as pessoas se casavam às pressas nessa época (como a sra. e o sr. Weasley) pois todos estavam com medo de morrer.



Tecnologia do Blogger.