FOFO E OUTRAS CRIATURAS INSPIRADAS NA MITOLOGIA CLÁSSICA

0 Comments

A maioria das pessoas reconhecem unicórnios, centauros, gigantes e lobisomens, mas algumas das criaturas no mundo dos bruxos têm raízes na mitologia clássica que você pode não ser tão familiarizados. O site pottermore, publicou uma coluna falando sobre algumas criaturas da saga, confira abaixo:

Texto traduzido por:  Luana Dalberto.

O cão de três cabeças


Há muitos exemplos de criaturas com 'muitas cabeças' em toda a mitologia, como a hidra, a quimera e Cerberus - o cão que guarda as portas do submundo e come quem se atreve a sair.

As descrições variam; Hesíodo diz que a criatura tem 50 cabeças, mas Cerberus é muitas vezes representado com apenas três. Seneca também escreve que o cão do inferno tem uma serpente para uma cauda. Um herói da mitologia grega, Orpheus, usou a música para acalmar Cerberus para dormir e esgueirar-se para Hades para salvar seu amor morto Eurydice, portanto, este vira-lata monstruoso tem suas fraquezas.

'Fluffy' (Fofo) também foi parcial a um local de música. JK Rowling revelou no Twitter que o filhote de cachorro de três cabeças que guardava a Pedra Filosofal foi finalmente 'repatriado para a Grécia'

O Basilisco


A fama de ter o poder de matar com um único olhar, o nome 'Basilisk' (basilisco) vem da palavra grega basilískos ou 'pequeno rei ".

Uma das primeiras referências a esta besta era naturalista romano Plínio, o Velho, que descreveu como "ser não superior a doze dedos de comprimento", com uma mancha branca em sua cabeça que parecia uma coroa - daí o seu nome. Diz a lenda que você pode despachar um Basilisco com o odor de uma doninha.

O Basilisco encontrada dentro da Câmara Secreta foi responsável pela morte de 'Murta-que-geme' bem como a petrificação de Hermione, Colin Creevey, Justin Finch-Fletchley e Nick Quase Sem Cabeça. Foi dito que 'apenas a partir do canto do galo, que é fatal para ele'. 

O Hipogrifo


Metade cavalo, águia meio-gigante, o Hipogrifo é uma representação do deus Apolo e foi muitas vezes representado na arte.

Filósofo francês Descartes usou Hipogrifos como um exemplo crucial para suas Meditações, argumentando porque podemos entender a noção de uma metade cavalo, metade águia que de alguma forma provar a sua existência. Profundo.

A Fênix



A Fenix pode explodir em chamas e, em seguida, levantar-se, regenerada, a partir das cinzas. Eles são uma das criaturas mais duradouras e inspiradores na mitologia. A história do Phoenix remonta até agora, tem sido dito por todos que é qualquer um no Hall of Fame mitológica. A partir de Heródoto (historiador extremamente sábio grego, um companheiro de Sócrates) para Ovid (famoso poeta romano) e Plínio, o Velho (sim, ele de novo).

Nas histórias de Harry Potter, o antídoto conhecida apenas para basilisco veneno é lágrimas phoenix; que, como Hermione nos diz que são "incrivelmente rara". Felizmente há um Phoenix em Hogwarts - confiar em Dumbledore ter possivelmente o animal de estimação o mais fresco nunca.


Tecnologia do Blogger.