JK ROWLING FALA DE ENCONTRO COM SEU GRANDE ÍDOLO MORRISSEY

0 Comments

A autora da saga Harry Potter teve a chance de conhecer o ex-líder do The Smiths por acaso, em uma loja de departamentos de luxo, em Londres.

JK Rowling é gente como a gente, é fã como a gente é fã, e ficou em estado de choque quando conheceu o Morrissey, cantor britânico ex-líder do The Smiths.

Em entrevista ao jornal The Guardian, a escritora relembrou o momento em que encontrou seu ídolo de adolescência:
“Eu o conheci em uma situação um pouco bizarra, na Harvey Nichols. Nós estávamos nos olhando, nos aproximando e quase ao mesmo tempo demos as mãos um ao outro. O que foi incrível para mim foi que Morrissey sabia quem eu era,” contou JK Rowling. “Eu quis voltar para quando tinha 16 anos, deitada no escuro com incensos, ouvindo ‘Heaven Knows I’m Miserable Now’ e dizer a mim mesma: ‘Você vai conhecê-lo! Ele vai saber quem é você!’.”
“As pessoas que significam muito para você quando você tem 16, 17 anos são as pessoas que te ajudam a passar por algumas coisas. Então eu etendendo absolutamente porque as pessoas ainda são tão apegadas a Harry Potter e aos 21 anos ainda gostam de discutir sobre qual casa de Hogwarts eles pertenceriam. Não acho que seja infantil. Não acho que isso é mais infantil do que minha excitação em conhecer Morrissey.”
JK Rowling ainda falou sobre sua reação depois de ser “tocada” pelo cantor:
“Eu estava com minha cunhada e ela me mandava abaixar minha mão (após o encontro). Eu andava de um lado para o outro com a mão dura (como se cumprimentasse alguém) e dizia ‘Morrissey me tocou’.”

Em 2002, JK participou do documentário “The Importance Of Being Morrissey”.  Em um de seus depoimentos no filme, ela fala sobre sua dor quando a banda The Smiths acabou.


Tecnologia do Blogger.