A Relação com Monstro, o Elfo Doméstico

0 Comments


Fomos apresentados a diversos personagens, a vários enredos e muitos pequenos “plots” dentro da história ao longo dos anos. Há de se destacar apenas dois personagens que conseguiram causar, ao longo de toda a saga, emoções tão conflitantes, sendo o primeiro Severus Snape, e o segundo o pequeno, mirrado e rabugento Elfo Doméstico do Largo Grimmauld 12.

Monstro foi inserido no quinto (e o mais monótono) livro da saga. Sua participação a princípio causava ira por seus comentários indelicados, ou até mesmo asco. No sexto livro, após a *SPOILER* morte de Sirius Black, Harry, como único herdeiro no testamento de Sirius, ganha a casa, e com ele, o pequeno Elfo. Harry o mandou para Hogwarts para que lá trabalhasse na cozinha.

Não imaginávamos o que viria no sétimo (e último) livro da franquia. Todos sabemos o que se passa a seguir, Monstro ajudou Regulus a trair Lord Voldemort, indo com ele até a caverna do medalhão e tentou destruí-lo, sem sucesso. Harry então começa a tratar Monstro de outra forma, e é justamente sobre isso que iremos tratar aqui.

Monstro nos foi apresentado como um verme insolente e, por conta da sua relação com Sirius, ele não fazia o menor esforço para mudar. O que sabemos é que Regulus gostava de Monstro, era um parceiro para o pequeno Elfo Doméstico. O contraponto aqui é justamente a forma de tratamento, uma analogia que, acredito, Rowling tenha feito ao fato de como somos vistos e como vemos nossos superiores e inferiores, quando tratamos alguém inferior a nós como um igual, embora ele não possa fazer alguma coisa contra nós, a convivência se torna mais amigável, mais sadia.

A relação conturbada de Harry e Monstro se iniciou por conta da visão que o garoto tinha do elfo em razão do padrinho, e após Harry dar o medalhão de Regulus para Monstro e o tratar, se não como um igual, inicialmente, como alguém que merecia respeito, Monstro alterou sua forma de tratamento com seu novo mestre, e inclusive, com os amigos dele. Antes, ofender Hermione era uma coisa comum, aos poucos, a essência de Monstro foi mudando, que conseguiu chamar Hermione pelo nome.


O ponto central disso tudo é a mudança que Harry, Rony e Hermione passaram para então a mudança com o pequeno Monstro, as alterações de humor são nítidas e resultam na icônica cena (cortada dos filmes) de Monstro, com a Winky do lado, liderando os Elfos Domésticos saindo da cozinha no contra-ataque fulminante perante os Comensais da Morte.


Tecnologia do Blogger.