Entrevista com o Rupert Grint

0 Comments
P: Você e o Dan são amigos?
Rupert: Ah, sim! Nos entendemos muito bem. Com a Emma também me dou super bem, a gente ficou muito amigo. Tem muita gente nova, também, no segundo filme, o que faz com que o trabalho seja mais divertido. Kenneth Branagh que faz o papel do Lockhart é tão legal e engraçado, e tem a Bonnie Wright que representa a minha irmãzinha Gina e tem ainda o Hugh Mitchell que desempenha o Colin Creevey. Todos eles são fantásticos!

P: O processo de filmagem do Thunderpants foi diferente do Harry Potter?
Rupert: Completamente diferente. A minha aparência também era totalmente diferente. Tive que fazer uma permanente no meu cabelo, o que foi um choque! Rodamos o filme no verão do ano passado depois de terminar o HP e o PS (pós–escrito), e a filmagem durou oito semanas. Foi uma delícia, mas eu não gostei nada da permanente e depois tive que usar óculos, gravata borboleta e meias três - quartos.

P: Como você se sentiu na seqüência da filmagem do Ninho das aranhas? Você tem medo de aranhas?
Rupert:Tenho pavor delas, são tão assustadoras. Eu realmente tenho aversão a elas. E aquela cena com todas aquelas aranhas e a aranha Aragogue de quatro toneladas, não ajudou a superar meu medo.

P: A filmagem da Cena da Lesma foi divertida?
Rupert: Aquela foi minha cena favorita, tive que enfiar umas lesmas gigantescas na boca e depois vomitá–las com toda aquela gosma deliciosa, tinha um gosto muito bom. Não sei do que eram feitas, mas tinham um sabor delicioso!

P: Como você conseguiu o papel no filme original?
Rupert: Tudo começou quando estava assistindo ao Newsround, aquele programa infantil da televisão inglesa. Nele foi anunciado como participar de um teste para representar um papel no Harry Potter e então enviei uma carta a eles porque queria representar o Rony. Mas, não tive notícias por semanas. Aí, um dia, estava navegando no site do Newsround quando li sobre um garoto que tinha enviado um vídeo dele. Assim, minha mãe me ajudou a criar um videoteipe de teste de representação, onde executo um rap falando como seria legal fazer parte do filme, interpretando algumas linhas – que eu mesmo compus – como Rony, vestido de..."mulher" – minha professora de arte dramática. Essa foi a parte mais embaraçosa! Enviei o vídeo e logo fui chamado pelo diretor de elenco. E então, estava fazendo testes cinematográficos?E aí consegui o papel!

P: Você é muito paparicado pelas meninas?
Rupert: Bem, depois do Thunderpants... Não! Eu sou reconhecido, e é uma sensação esquisita, mas muito legal. E o pessoal pede para autografar cada coisa! Ontem me pediram para assinar um talão de cheques!

P: O que você mais gosta do segundo livro?
Rupert: Eu adoro o Salgueiro Lutador e poder dirigir um carro voador, o que é simplesmente o máximo, e lógico, ter a oportunidade de vomitar lesmas. Eu adoro o fato do livro ser realmente assustador e sei que o filme também vai ser. A experiência no carro voador foi especialmente fantástica, foi como embarcar num "swing" de parque de diversões, ele ia numa velocidade super rápida.

P: Qual é a pergunta mais freqüente que te fazem?
Rupert: Na verdade tem essa questão que sempre aparece que é "você conheceu o Daniel Radcliffe"?!?!?!? P: Como você se sente em "ter lançado" a moda de cabelos ruivos? Rupert: Ainda me chamam de "Ginger" (Ginger Rodgers, atriz americana do passado), mas eu não ligo porque já me acostumei. E depois, estou em boa companhia, veja a Nicole Kidman, por exemplo!

P: Como você se relacionas com o personagem, Rony?
Rupert: Eu tenho cabelos ruivos, gosto de doces e venho de uma família numerosa como ele. Ah! E também herdo as roupas dos meus irmãos mais velhos, é... acho que sou bastante parecido com o Rony. E não se esqueça que ambos temos pavor de aranhas!

P: Quais os tipos de acrobacias que gostou mais de fazer no segundo filme?
Rupert: O do carro foi certamente a melhor.

P: O que é diferente nesse segundo filme?
Rupert: O primeiro filme foi mais ou menos um aquecimento, onde todos os personagens começaram o ano na nova escola, Hogwarts, mas no segundo temos a oportunidade de fazer muito mais coisas. Tem muito mais ação, é mais misterioso e assustador – e muito mais engraçado também!

P: Tem alguma cena que você tenha gostado mais de gravar? (hp e o cálice de fogo)
Rupert: Sim, nós tivemos que filmar muitas sequências debaixo d'água. Achei isso bem legal. Eu sou sou tão bom nadador, sendo assim foi muito difícil também. Nós até tivemos que ter algumas aulas de mergulho durante uns dias antes de filmarmos as cenas.

P: Nos fale sobre os trajes do Ron para o Baile de Inverno
Rupert:Foi realmente horrível. Ele era todo cheio de babados e rosa,com uma gravata borboleta verde. Essa é uma das razões para o Ron estar tão frustrado durante o Baile. Obviamente ele não dança, o que até foi legal pra mim. Alguns dos outros atores tiveram que treinar essas danças coreografadas, o que felizmente eu não precisei fazer.


Daniel Radcliffe foi visto na Broadway em Nova Iorque, você agora comanda um cargo em Cherrybomb — seu primeiro papel adulto… Isso foi por uma questão de tempo em fazer algo novo?
Rupert Grint: Sim, é um papel adulto acima de tudo, isso coube na minha agenda. O papel no entanto me requisitou um tanto de manha, particularmente por causa do sotaque irlandês.

Cherrybomb é completamente diferente dos filmes de Harry Potter, ele tem um final triste. O que te atraiu no papel de Malachy?
Rupert Grint: Malachy é completamente diferente de Ron. Eu gostei do fato de que [o filme] acontece em Belfast. Por causa dos ataques de bomba no passado, a cidade continua em desenvolvimendo, ela ainda se redefine. E é simplesmente uma cidade louca, ao qual eu a vi pela primeira vez enquanto gravava o filme. Se nós tivéssemos gravado em Londres, seria provavelmente se tornado um filme completamente diferente.

Você acha que seus fãs de Harry Potter vão te aceitar em um outro papel? Ou o contrário: Os fãs de Cherrybomb irão aceitar você de volta como Ronald Weasley? Pois ainda há filmes de Harry Potter à chegar aos cinemas.
Rupert Grint: Eu acho que um filme como Cherrybomb vai atrair um público diferente. E, naturalmente, meus fãs de Harry Potter também cresceram.

Você confessou uma vez que você tem algumas coisas em comum com Ron. Você acha que também tem alguma coisa de Malachy?
Rupert Grint: Nós compartilhamos nosso lado calmo e quieto.

Cherrybomb também tem um lado romântico. Como você fez?
Rupert Grint: Quando chegou a cena de amor, ela foi um tanto chocante! Tinha tantas outras pessoas naquele quarto. Nem Kimberley nem eu já tinhamos filmados uma cena assim antes. Mas depois de um tempo tudo deu certo!

Quais são o seus planos para o futuro próximo?
Rupert Grint: Assim que eu voltar pra casa, eu começarei por 14 meses as longas filmagens do último Harry Potter.

O que será para você quando os filmes de Harry Potter estiverem feitos?
Rupert Grint: Será muito triste, pois eu passei metade da minha vida fazendo esses filmes — Eu interpretei Ron desde meus 11 anos.

Você é amigo de Emma Watson e Daniel Radcliffe na vida real?
Rupert Grint: É claro, nós nos vemos durante outras gravações todos os dias, por muitos meses, nós passamos muito tempo juntos. Eu sentirei muito a falta deles.


Tecnologia do Blogger.