Pottermore: Seriam Eddie Redmayne e Dan Fogler a próxima grande dupla da comédia?

0 Comments

Poderiam Newt e Jacob se tornar o próximo Sherlock e Watson? Ou seria Laurel e Hardy?

Como você deve saber, em Animais Fantásticos e Onde Habitam, Eddie Redmayne interpreta Newt Scamander, um bruxo britânico com criaturas mágicas em sua maleta.

Dan Fogler interpreta alguém completamente diferente: um No-Maj do Lower East Side de Nova Iorque chamado Jacob, que tropeça na comunidade mágica quando, acidentalmente, abre a maleta de Newt.

Uma parcela muito importante do filme vem da química entre os quatro personagens principais: Newt, Jacob, Tina (Katherine Waterston) e Queenie (Alison Sudol), Newt e Jacob tem uma compatibilidade cativante e, como Dan Fogler conta, essa eletricidade inexplicável aconteceu quase que imediatamente durante as audições.

“Eddie e eu tivemos uma grande química logo de cara”, ele me conta. “Nós improvisamos na primeira audição e eu acho que isso realmente me ajudou a conseguir o papel.” Dan é um comediante também, então o material de improviso sai dele naturalmente.

“Eu estava muito confortável com o Eddie. É muito importante ter alguém que o personagem dele se dá bem. Jacob tinha que ser capaz de chegar a Newt e fazer com que ele começasse a pensar que existe vida além das criaturas mágicas.”


De acordo com Dan, a relação entre seu personagem e o de Eddie é óbvia desde o momento em que eles se vestem. Eddie entra nas calças levemente-pequenas-demais-para-ele do Newt, sua jaqueta azul, tem seu cabelo arrumado para um lado e pega sua maleta mágica.

Enquanto isso, Fogler pega o terno de três peças de Jacob, que não cabe perfeitamente, com uma capa cinza e uma gravata vermelha, penteia seu bigode e tem seu cabelo repartido. Eles são um par como nenhum outro e isso é tudo parte do charme.

“Uma vez que estamos vestidos e estamos lado a lado, tem, definitivamente, uma coisa meio Laurel e Hardy rolando”, diz Dan. “Ou talvez Abbott e Costelo. Sherlock e Watson, até! De um coletivo inconsciente, a plateia pode projetar sua dupla favorita em nós e vai funcionar muito bem.”

Newt e Jacob vão pelo enredo de suspense do filme e, de alguma forma, mantém a luz entre eles.

“É como música”, diz Dan . “Eddie está tocando muito bem, treinamneto clássico, som profundo e eu estou jogando um jazz do Brooklyn por cima e tudo soa muito bem.”

Dan me conta que esse filme é sua “grande parada”. É o projeto mais legal, mais assutador em que ele já trabalhou e é ao lado de ninguém menos que Eddie Redmayne. Quando Dan estava fazendo os testes para o papel, Eddie estava vencendo o Oscar de Melhor Ator por seu desempenho em A Teoria de Tudo.

Dan me diz: “Eu sou fã dele. Foi muito bom estar com um ator que será como um “cavaleiro” algum dia”

“É incrível estar cercado por pessoas que fazem você se sentir melhor. Eu me sinto assim, é, de longe, a mais criativa experiência que já tive e é o melhor trabalho que já fiz. Estou muito ansioso para que saia logo.”


Tecnologia do Blogger.