RETROSPECTIVA: SEMANA PRISIONEIRO DE AZKABAN

0 Comments
Abril chegou ao fim, e com ele se encerrou a semana de "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban" do especial Harrry Potter da página do Accio News. Confira abaixo o resumo das curiosidades e informações que trouxemos sobre a terceira história da saga. 



Dia 24 de Abril iniciamos a semana de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, o livro favorito de muitos e o divisor da saga Harry Potter nos cinemas graças a direção de Alfonso Cuarón. 


O PATRONO DE REMO LUPINA imagem pode conter: noite
"O Patrono de Remo jamais foi revelado nos livros da série, mesmo tendo sido ele quem ensinou a Harry a difícil e rara arte de produzir um. É, na verdade, um lobo — um lobo comum, não um lobisomem. Lobos vivem em grupos familiares e não são agressivos, mas Remo não gosta da forma do seu Patrono, que é um constante lembrete de sua aflição. Qualquer coisa lupina lhe causa aversão e ele costuma produzir Patronos não-corpóreos deliberadamente, principalmente quando os outros estão olhando."

Fonte: Pottermore

BRINCADEIRA NO SET

Nas filmagens de "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban", Michael Gambon e Alan Rickman decidiram pregar uma peça em Daniel Radcliffe. 

Confira aqui a brincadeira de Michael e Alan nos sets de filmagem.

ALFONSO CUARÓN

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban foi o primeiro filme da saga a ter um novo diretor. Com a saída de Chris Columbus após Câmara Secreta, Alfonso Cuarón ficou na frente do terceiro filme da franquia.

É bastante perceptível a mudança de direção em Prisioneiro de Azkaban. Ele trouxe algo completamente novo em relação aos filmes antecessores, ainda que se passe no mesmo universo. A não peculiaridade de Cuarón somada a trama intensa da terceira história agradou muitos - e desagradou alguns também.

Pela primeira vez houve mais liberdade para se dirigir um Harry Potter. Enquanto nos primeiros filmes eles tentavam ser o mais fiél aos livros possível - afinal, a Warner deveria agradar a autora - no terceiro a própria J.K Rowling deu liberdade a Alfonso Cuarón ao dizer "Não seja literal. Um livro pode não funcionar bem em uma tela". Não resta dúvidas de que Cuarón ouviu sua dica, trazendo um filme cheio de particularidades e muito rico cinematograficamente.

Algo que pode ser citado é como Hogwarts parece estar mais "bagunçada" neste filme. Se nos primeiros filmes os estudantes sempre andavam arrumadinhos com seus uniformes, Cuarón fez questão de que neste eles colocassem suas personalidades adolescentes na forma de se vestir, com blusas fora da calça, gravatas amarradas de forma estranha e penteados "descolados".

Além de tudo, Cuarón também deu muita mais liberdade para os atores decidirem sobre seus personagens nos filmes. Afinal, como ele mesmo disse, "Eu cheguei agora, eles já são Harry, Rony e Hermione a um tempão!"

Confira aqui uma entrevista de Alfonso Cuarón sobre O Prisioneiro de Azkaban.

LUPIN VS QUIRREL
A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado

David Thewlis fez teste para interpretar o Professor Quirrel em "Harry Potter e a Pedra Filosofal". Ele não ganhou o papel, que acabou ficando com Ian Hart.

Posteriormente, David acabou ficando com o papel de Remo Lupin em "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban", aparecendo não somente neste filme, mas também nos 4 últimos filmes da saga. 

SIR CADOGAN

No livro Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Sir Cagodan é o quadro de um bravo guerreiro atrapalhado que substitui a Mulher Gorda quando Sirius Black ataca seu quadro tentando entrar no salão comunal da Grifinória.
Apesar de ser cortado do filme, Sir Cadogan foi interpretado por Paul Whitehouse. Suas cenas foram liberadas posteriormente nos extras do DVD do filme.

Confira aqui as cenas deletadas de Sir Cadogan em Prisioneiro de Azkaban.

DOUBLE TROUBLE
A música cantada pelo coro no início do ano letivo em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban foi inspirada na peça "As Bruxas de Macbeth", de William Shakespeare. Na peça, três bruxas amaldiçoam o Rei da Escócia, e nos versos da maldição dizem "Double, Double; Toil and Trouble. Fire burn and cauldron bubble".

Existe uma lenda de que William Shakespeare pediu este feitiço para bruxas de verdade, e por isso dá azar interpretar a peça Macbeth no teatro. Coincidentemente, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban foi o filme da saga que obteve a menor bilheteria entre os oito lançados.

Confira aqui o trecho de "As Bruxas de Macbeth" onde os versos são cantados.

O TRIANGULO AMOROSO DE SIBILA , GILDEROY E BELATRIZ.
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, casamento e terno

Vocês sabiam que Emma Thompson, atriz que interpretou Sibila Trewlaney, já foi casada com Kenneth Branagh, ator que interpretou Gilderoy Lockharts?

Esse fato por si só já é bastante curioso. Mas a história fica mais curiosa ainda. O casamento de Emma com Kenneth terminou porque Kenneth a traiu com Helena Boham Carter, atriz que interpreta Belatriz Lestrange. Kenneth e Helena ficaram juntos por 5 anos e depois se separaram. 

Todos os fatos aconteceram antes de Harry Potter começar a ser filmado.

O MAPA DO MAROTONenhum texto alternativo automático disponível.

No filme, quando Fred e Jorge Weasley dão para Harry o Mapa do Maroto em "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban", o nome "Moony" (original de Aluado) está escrito errado. 

No filme aparece escrito "Mooney". Na realidade, não se trata de um erro, e sim de uma homenagem: um dos supervisores de efeitos visuais do filme se chama Karl Mooney, e para homenageá-lo, colocaram seu sobrenome no Mapa do Maroto na versão do filme. Uma homenagem e tanto, não é?

O GRANDE FEITO DE BICUÇO
Bicuço provavelmente é um dos únicos animais criados em CGI (efeitos especiais) a defecar nas telas. É, é isso mesmo. Na cena em que Harry conhece Bicuço na aula de Trato de Criaturas Mágicas, o Hipogrifo aparece defecando.
Esse tipo de coisa não costuma ser mostrado em filmes, ainda mais quando se trata de animais feitos por computação. Segundo a equipe de efeitos especiais do filme, eles queriam passar uma naturalidade, e não havia algo mais natural para um animal do que defecar espontaneamente.

Confira aqui o incrível trecho do filme onde aparece "o grande feito" de Bicuço.

O POLÊMICO VIRA TEMPO
A imagem pode conter: 1 pessoa
Viagem no tempo é um tema muito complexo, e foi abordado em "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban". Para os mais aficionados por ficção científica, Harry Potter lida com o fato de voltar no tempo de forma muito rasa e simplista, o que é extremamente errado. J.K Rowling, apesar de afirmar que não se arrepende, tem noção de que inserir um objeto mágico que permitia retornar ao passado não foi uma das melhores coisas que ela fez na saga - a própria teve que dar um jeito de destruir todos os vira tempos depois. 


Confira abaixo o relato de J.K Rowling sobre a escolha de inserir o Vira-Tempo na trama.

"Adentrei sem qualquer preocupação no tema da viagem no tempo em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban . Apesar de não me arrepender ( Prisioneiro de Azkaban é um dos meus livros favoritos), isso me abriu um vasto leque de problemas pois, no fim das contas, se os bruxos podiam voltar no tempo e desfazer problemas, quais seriam as minhas tramas no futuro? Resolvi o problema de maneira satisfatória, em etapas. Primeiro, fiz Dumbledore e Hermione enfatizarem que era muito perigoso ser visto no passado, para lembrar ao leitor que a viagem no tempo, além de soluções, poderia oferecer consequências imprevisíveis e perigosas. Depois, fiz Hermione devolver o único vira-tempo que já entrou em Hogwarts. Por último, destruí todos os vira-tempos restantes durante a batalha no Departamento de Mistérios, removendo a possibilidade de reviver mesmo que períodos curtos no futuro. Esse é apenas um exemplo de que, quando se escreve histórias de fantasia, devemos tomar cuidado com o que se inventa. Para cada benefício, costuma existir uma desvantagem."

Fonte: Pottermore

NEWT SCAMANDER EM HOGWARTS
Em "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban", Newt Scamander aparece passeando por Hogwarts no Mapa do Maroto.

Este fato ganhou bastante popularidade após o lançamento de Animais Fantásticos e Onde Habitam. Apesar de ser um fato interessante, todas as teorias que surgiram em torno dele são falsas. Este é um fato que consta apenas nos filmes, pois os produtores precisavam de nomes para preencher o mapa, e então utilizaram um personagem já conhecido na saga - sem saber que futuramente o personagem em questão ganharia uma saga só para ele.

SPIELBERG NÃO! SPIELBERG NÃO!A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos, barba e close-up
Quando anunciaram que Chris Columbus estava fora da direção de Harry Potter após "Harry Potter e a Câmara Secreta", Steven Spielberg se mostrou bastante interessado em dirigir "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban", pois era "uma história mais sombria e a mais interessante". 


Apesar de demonstrar interesse, Spielberg não foi sequer cogitado como possibilidade. 

Vale lembrar que, anteriormente, quando procuravam um diretor para "Pedra Filosofal", Spielberg foi uma opção e chegou a trabalhar 6 meses no filme junto com Steve Kloves. Nesta época, a ideia trabalhada era que Harry Potter seria um filme de animação com Haley Osment fazendo a voz de Harry Potter. 
Spielberg abandonou o projeto na época alegando que "não estava pronto para trabalhar em um filme infantil."



E este foi o conteúdo que reunimos sobre "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban". A partir do dia 01 de Maio daremos início a semana de "Harry Potter e o Cálice de Fogo", trazendo informações e curiosidades sobre a quarta história da saga. Lembrando que todas as postagens do especial virão com a tag #EspecialCáliceDeFogo

Se você perdeu as semanas anteriores, você pode conferir os resumos aqui:


Fiquem ligados na Accio News!


Tecnologia do Blogger.